Dia Nacional de Combate ao Colesterol

Conscientizar a população sobre a importância da prevenção de doenças cardiovasculares é o objetivo da criação do Dia Nacional de Combate ao Colesterol – 8 de agosto.

 O colesterol elevado é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, entre elas infarto e acidente vascular cerebral, um importante fator de risco de morte. De acordo com diversos estudos, de 35 a 40% das mortes no Brasil estão relacionadas ao colesterol, que também causa um terço das doenças cardíacas no mundo.Dia Nacional do colesterol

Definição

O COLESTEROL é um esterol (combinação de esteróide e álcool), um lipídio encontrado naturalmente em nosso organismo, fundamental para seu funcionamento adequado. É componente estrutural das membranas celulares em todo nosso corpo, estando presente no cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração, sendo essencial para o nosso organismo. Desempenha funções importantes no nosso corpo, como produção de hormônios (vitamina D, estrógeno, progesterona, testosterona, cortisol), e ácidos biliares que regulam o processo digestivo, além de fundamental na constituição do sistema nervoso central, na formação dos neurônios.

No organismo, o fígado produz 70% de todo colesterol; apenas 30% vem da dieta. Ao consumirmos alimentos com alto teor de gordura, nosso fígado produz mais colesterol do que o necessário e isso implica a alteração do nível normal e saudável.

No entanto, quando as taxas de colesterol estão elevadas (hipercolesterolemia), ele pode se depositar nas paredes das artérias, formando placas de gordura que podem obstruir a passagem de sangue nas artérias. Isto pode levar a um aumento de risco para doenças cardiovasculares, como derrame e infarto, trombose e complicações renais

Apesar da obesidade ser a principal responsável pelo excesso de colesterol no sangue, as pessoas magras também podem ter taxas elevadas. Ocorre porque a hereditariedade se destaca como um dos fatores de risco do colesterol alto, assim como o consumo excessivo de gorduras saturadas e o sedentarismo.

Tipos de colesterol

Existem diferentes tipos de colesterol, cada um com sua função específica.

Vejamos:

LDL Colesterol(Low Density Lipoprotein) – conhecido popularmente como “mau colesterol”, promove o depósito de gordura nas paredes das artérias e corresponde a 75% do total de colesterol em circulação.

HDL Colesterol (High Desnity Lipoprotein) – conhecido popularmente como “bom colesterol”, transporta o colesterol das células para o fígado, eliminando-o pelas fezes e bile.

VLDL (Very Low Density Lipoprotein)– é um tipo de colesterol que transporta mais triglicérides (outro tipo de gordura presente no sangue) do que colesterol. Os níveis mais altos de VLDL podem causar acúmulo de gordura nas artérias, o que também aumenta os riscos de doenças cardíacas.

Sinais, sintomas e diagnóstico

É um problema silencioso, e sendo que na maioria dos casos, a alteração nos níveis de colesterol não provoca sinais ou sintomas e os pacientes só descobrem a gravidade de seu quadro quando sofrem algum tipo de problema cardíaco ou um acidente vascular cerebral. O diagnóstico do colesterol elevado é feito por meio de exame de sangue para medir os níveis de LDL, HDL e VLDL.

Tabela de níveis de colesterol no sangue

Desejável

Limítrofe

Aumentado

Colesterol total

<200 mg/dl

200-239 mg/dl

>240 mg/dl

LDL-C

<130 mg/dl

130-159 mg/dl

>160 mg/dl

HDL-C:

Proteção

Padrão normal

Risco

Homem

55 mg/dl

35-54 mg/dl

<35 mg/dl

Mulher

65 mg/dl

45-64 mg/dl

<35 mg/dl

Fatores de risco do colesterol e complicações

Fatores não controláveis – Idade, sexo, etnia e histórico familiar (genética);

Fatores controláveis – Obesidade, tabagismo, sedentarismo, maus hábitos alimentares, hipertensão arterial e diabetes.

O colesterol alto pode causar algumas doenças e complicações, como: Acidente Vascular Cerebral (AVC), infarto, hipertensão, entupimento de veias e artérias, insuficiência cardíaca.

Prevenção

Mudanças no estilo de vida podem diminuir o colesterol e ajudar a impedir seu aumento. São elas: parar de fumar, evitar o álcool,controlar o peso, ter uma alimentação saudável (equilibrada e balanceada)praticar exercícios físicostomar cuidado com o estresse, e consultar seu médico regularmente para fazer exames de rotina.

Alimentos que podem aumentar o colesterol

Só encontramos colesterol nos alimentos de origem animal, que são ricos em gorduras do tipo saturada. O colesterol está presente em todas as carnes e seus derivados, frutos do mar, gema de ovo, leite e seus derivados. Outras fontes de gordura saturada:

• Alimentos industrializados: bolos, biscoitos, chocolates, tortas, sorvetes.

• Alimentos vegetais: coco, banha de coco, azeite de dendê.

As gorduras insaturadas ajudam a diminuir o colesterol sanguíneo, mas por serem muito calóricas devem ser consumidas com cuidado. Estão presentes nos óleos vegetais (oliva, canola, soja, milho, girassol), nozes, avelãs, abacate, margarinas. Já os alimentos de origem vegetal não contêm colesterol

O papel do nutricionista no controle do colesterol

O nutricionista é o profissional da saúde que tem o conhecimento para fornecer as orientações nutricionais adequadas. Ele detém o conhecimento para a promoção da saúde, prevenção e tratamento de doenças por meio de hábitos alimentares adequados.


Luciana é nutricionista pela UFN – RS;
Especialista em Nutrição e Dietética – IPCE – SP;
Especialista em Obesidade e Emagrecimento pela UGF – RJ;
Especialista em Ciência dos Alimentos pela UFPEL – RS;
Mestre e Doutora em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela UFSM – RS;
Nutricionista da Equipe da Clínica de Cirurgia da Obesidade e do Aparelho Digestivo Dr. Glauco da Costa Alvarez desde o ano de 2002.

 

Referências:

FALUDI, André Arpad et al. Atualização da diretriz brasileira de dislipidemias e prevenção da aterosclerose–2017.Arquivos brasileiros de cardiologia, v. 109, n. 2, p. 1-76, 2017.

http://www.who.int/gho/ncd/risk_factors/cholesterol_text/en/– acessado em 06/08/2020

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-cholesterol/diagnosis-treatment/drc-20350806– acessado em 07/08/2020

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-cholesterol/symptoms-causes/syc-20350800– acessado em 07/08/2020

http://prevencao.cardiol.br/fatores-de-risco/colesterol.asp– acessado em 06/08/2020

Translate »
Iniciar conversa
Fale com a Clínica!
O uso do whatsapp é apenas para agendamento de consultas.
Agradecemos pela compreensão!