OBESIDADE

O que é obesidade?


A obesidade é o resultado do acúmulo excessivo de gordura que supera os padrões físicos e esqueléticos do corpo.

Segundo o Instituto Nacional de Saúde (EUA), o aumento de 20% ou mais acima de seu “peso ideal ”é um sinal de que o peso em excesso pode se tornar prejudicial à saúde.

A obesidade tem aumentado dramaticamente no Brasil nas últimas décadas.

Ela é simultaneamente uma doença e um fator de risco para outras doenças, como a hipertensão e o diabetes.

Obesidade e saúde


Se você é obeso, tem um risco muito maior de:
  • Câncer
  • Derrame
  • Doenças do coração
  • Pressão alta
  • Colesterol alto
  • Diabetes tipo 2 (incluindo os riscos de dor nos nervos, amputações, cegueira e outros problemas relacionados ao diabetes)
  • Doença renal
  • Infertilidade
  • Artrite
  • Apnéia do sono (distúrbios na respiração durante a noite).

Causas da Obesidade

Dois equívocos comuns das pessoas que lutam contra a obesidade mórbida são: estar morbidamente obeso é o resultado da falta de autodisciplina e que dieta e exercícios são tudo o que você precisa para perder peso. Bom, não é tão simples assim. Os genes de uma pessoa, bem como, distúrbios metabólicos, também demonstraram ser fatores determinantes na causa de obesidade mórbida para muitas pessoas. A cultura também pode ser um fator, especialmente quando alimentos baratos e não saudáveis e conveniências que reduzem o gasto de energia estão prontamente disponíveis.

Para maioria dos indivíduos, a obesidade é crônica, permanece com eles por um longo período. Pessoas que perdem peso na maioria das vezes apresentam um reganho posterior. A obesidade acontece se uma pessoa continuamente ingere mais calorias a partir da alimentação do que seu organismo utiliza nas atividades e exercícios diários. O corpo armazena as calorias não utilizadas, na forma de gordura.

Alguns fatores:

Muitos fatores podem contribuir nesse desequilíbrio entre calorias ingeridas e calorias utilizadas.


CAUSAS GENÉTICAS
Até 90% da tendência de uma pessoa em desenvolver obesidade pode ser determinada por seus genes.
Genes também controlam a velocidade com que seu corpo queima as calorias que você come. Algumas pessoas têm genes muito “econômicos”, queimam calorias lentamente e por isso ganham peso com facilidade (metabolismo lento). Outras queimam calorias rapidamente e perdem peso com facilidade (metabolismo rápido).

HÁBITOS ALIMENTARES MODERNOS
Muitas pessoas mudaram como e onde comem ao longo dos últimos vinte anos. No Brasil, nos EUA e em muitos outros países alimentos altamente calóricos estão em toda parte e muitas vezes são mais baratos do que alimentos mais frescos e saudáveis.
Em vez de fazerem as refeições em casa, muitas vezes as pessoas saem para comer e as comidas em restaurantes podem ser mais ricas em calorias e gorduras do que o alimento feito em casa. Além disso, o tamanho das porções em muitos restaurantes e lanchonetes têm crescido ao longo dos anos. Comer um “menu” em um restaurante de fast food pode fornecer mais de 2.000 calorias (cerca de um dia inteiro) em apenas uma refeição.


POUCO EXERCÍCIO FÍSICO
Muitos aspectos da vida moderna têm reduzido a necessidade de atividade física. De carros a controle remotos, vários fatores contribuem para que seja mais fácil não se exercitar.
Muitos trabalhos nos dias de hoje são realizados sentados na frente de um computador em vez de envolverem atividades física.Estas mudanças significam que estamos passando mais tempo sentados do que nos exercitando, o que faz com que seja mais fácil ganhar peso.

STRESS E HUMOR
Muitas pessoas que estão estressadas ou deprimidas, usam a comida para lidar com seus sentimentos. Comer alimentos prazerosos, pode diminuir a sensação de estresse, mas este bem estar é temporário, e essa atitude pode levar a uma compulsão, levando a pessoa a comer mesmo quando não há fome ou necessidade de calorias.

MEDICAMENTOS
Muitos medicamentos podem facilitar o ganho de peso. Alguns reduzem a fome, o quão rápido o corpo queima energia , enquanto outros, podem fazê-lo ter mais fome. Muitas pessoas aceitam que a obesidade pode ser controlada apenas se comer menos e se exercitar mais, porém não é tão simples. Apesar de cortar calorias e ser mais ativo, serem passos essenciais em qualquer plano de perda de peso, muitas pessoas precisam de outros tipos de ajuda para perda de peso a longo prazo.
 

'O peso por si só não é uma boa medida para definir se uma pessoa está acima do peso ou obesa"

Translate »
Iniciar conversa
Fale com a Clínica!
O uso do whatsapp é apenas para agendamento de consultas.
Agradecemos pela compreensão!
Powered by